Aqui no “Aprendendo Inglês no Youtube” você irá encontrar alguns vídeos (do YouTube) acompanhados de transcrições e traduções. Acredito que para aprender um novo idioma você deve estar imerso no “inglês da vida real”, acompanhar como as pessoas realmente falam inglês no dia a dia. Os vídeos virão do YouTube, então como forma de retribuir aos criadores dos vídeos incríveis que vou usar, peço que você sempre dê o seu “Gostei” no vídeo (ao clicar para reproduzir o vídeo você verá a opção “gostei” no próprio vídeo)

1) My name is Byron Katie and I live in California and I travel the world inviting people to question what they believe. I invite people to use a very very simple process that anyone can do if they’re open to it, anyone. Children, old people, it doesn’t, you know, it doesn’t matter what our religious basis or beliefs or or it just doesn’t matter, it’s a very simple process four questions and a turn around and so, what I do is travel the world inviting people to answer these questions, to to observe their thoughts and I invite them to observe their stressful thoughts, the thought that, that’s… the thoughts that bring us joy they don’t need questioning, you know, they are working for us and the stressful thoughts, you know, that’s what leads to violence, internal violence and violence within our families and our communities and nations.

2 ) So, if we can’t end the war within our own self or within our own families, you know, how can we expect our politicians or governments to stop fighting. So, what I’m about is to, to open the practice for people, to look at themselves and see what is it that causes war within themselves and to begin there because if till we ended in ourselves it’s not going to be the end in the world.

3) On the way I found inner peace was to question what I believe and actually one morning, as I lay sleeping on the floor because my self-esteem was so low I didn’t believe I even deserved a bed to sleep in and actually a cockroach crawled around my foot as I lay sleeping and I opened my eyes and in place of all of that state that’s self-hatred and.. the war with the self and the terrible world that, that we live when we’re so depressed and so paranoid in place of all that darkness was a joy and a peace that I cannot describe but the important thing that came out of it is that when we believe our thoughts we suffer and when we question our thoughts we don’t suffer and I have come to see that this is true for every human being that were innocent. As long as we believe our stressful thoughts we live out of those beliefs and then we wonder why we feel so crazy sometimes.

 

 

1) Meu nome é Byron Katie e eu moro na Califórnia e eu viajo o mundo convidando as pessoas a questionar o que eles acreditam. Eu convido as pessoas a usar um processo muito muito simples que qualquer um pode fazer se eles estiverem abertos a isto, qualquer um. Crianças, velhos, não faz, você sabe, não importa qual a base religiosa ou crenças ou ou simplesmente não importa, é um processo muito simples quatro perguntas e uma inversão. E então, o que faço é viajar pelo mundo convidando as pessoas a responder a essas perguntas, a observar seus pensamentos e convido-os a observar seus pensamentos estressantes, os pensamentos que, que… os pensamentos que nos trazem alegria eles não precisam ser questionados, tipo, eles estão trabalhando ao nosso favor e os pensamentos estressantes, tipo, isso é o que leva à violência, violência interna e violência dentro de nossas famílias e nossas comunidades e nações. 

2) Portanto, se não pudermos acabar com a guerra dentro de nós mesmos ou dentro de nossas próprias famílias, tipo, como podemos esperar que nossos políticos ou governos parem de brigar. Então, o que eu faço é, abrir a prática para as pessoas, olhar para si mesmos e ver o que é que causa guerra dentro de si e começar por lá, porque se isso não acabar em nós mesmos não vai acabar no mundo.

3) O caminho que eu encontrei a paz interior foi questionar o que eu acredito e na verdade uma manhã, enquanto eu estava deitada no chão, porque minha auto-estima era tão baixa que eu não acreditava que eu merecia uma cama para dormir e na verdade uma barata rastejou próximo do meu pé enquanto eu dormia deitada e eu abri meus olhos e no lugar de todo esse estado de ódio por mim mesma e … a guerra com o eu e o mundo terrível que, que vivemos quando estamos tão deprimidos e tão paranóicos no lugar de toda essa escuridão foi uma alegria e uma paz que eu não consigo descrever mas a coisa importante que perceb disso é que quando acreditamos em nossos pensamentos nós sofremos e quando questionamos nossos pensamentos nós não sofremos e eu percebi que isso é verdade para todos os seres humanos que são inocentes. Enquanto acreditamos em nossos pensamentos estressantes vivemos fora dessas crenças e então nos perguntamos por que nos sentimos tão loucos às vezes.

 Espero que você tenha gostado desse vídeo e da transcrição/tradução! Até o próximo vídeo. Não se esqueça de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim você está ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos tão inspiradores! (link do video: https://www.youtube.com/watch?v=TxkjfejHcbw )

See You!!!


Cadastre-se abaixo e faça parte da lista VIP. Você receberá gratuitamente conteúdos exclusivos, seleções VIP de dicas de inglês, convites para aulas ao vivo e muito mais. \o/

Nunca lhe enviaremos SPAM. Powered by ConvertKit